Escolha uma Página

A Silos Córdoba, empresa que em 1975 foi fundada como fabricante de instalações ganadeiras, é agora conhecida em todo o mundo pelos seus silos de alta qualidade. Juan López Regalón, Diretor Geral, aborda a evolução desde que a empresa começou a centrar-se na fabricação de silos metálicos e a sua posterior expansão global.

Como mantém a Silos Córdoba a sua posição no mercado?

Com os anos, a Silos Córdoba tem vindo a melhorar a sua posição no mercado mundial devido à nossa capacidade para responder às necessidades do mercado. Graças a mais de 37 anos de experiência no mercado, somos capazes de disponibilizar soluções de armazenamento completas.

A nossa equipe não se centra apenas na nossa própria tecnologia, mas sim também nos importantes processos para manter a qualidade dos grãos. Daí que se preste especial atenção à qualidade do grão através de processos como a limpeza, a secagem e os sistemas integrais de controle. Isto, juntamente com a nossa estratégia de disponibilizar produtos de alta qualidade, fez com que tivéssemos de garantir um longo período de armazenamento, sem danos para os grãos.

Os nossos clientes valorizam a nossa oferta, mais ainda devido à atual volatilidade dos preços dos cereais nos mercados internacionais.

É muito competitivo o setor de fabricação dos silos?

O nosso setor é muito competitivo e a existência de grande concorrência de todo o mundo obriga-nos a estar constantemente atualizados relativamente a novos desenvolvimentos de design, produtos, soluções, etc.

Este ambiente competitivo torna-nos mais fortes ao estarmos mais focados no mercado, nos potenciais clientes e também na concorrência. Portanto, a diferenciação é vital no nosso mercado, e qualidade, preço, garantia e prazo de entrega com uma presença global são fatores essenciais.

O que diferencia a Silos Córdoba da concorrência?

Entre os nossos pontos fortes podemos destacar a alta qualidade dos nossos produtos, uma equipe de engenheiros própria e presença em 45 países, pelo que estamos em condições de disponibilizar mais garantias para os nossos produtos. Graças aos nossos engenheiros, a Silos Córdoba é capaz de fabricar silos de acordo com a norma EUROCODE e as normas ANSI / ASAE. Outro dos nossos pontos fortes é a supervisão da nossa equipe, que está presente em cada instalação para garantir que esta mesma supervisão seja feita de acordo com as especificações técnicas.

E ainda outro dos nossos pontos fortes é a produção eficaz relativamente a matérias-prima, utilizando menores quantidades de aço nos nossos silos para alcançar uma determinada altura. Além disso, a nossa passagem de onda de 104 mm faz com que tenhamos virolas mais lisas, evitando desta forma que o grão fique nas paredes durante o processo de descarga.

Por outro lado, as nossas linhas de produção totalmente automatizadas permitem-nos fabricar instalações de armazenamento num período de tempo mais curto. Além disso, todos os nossos departamentos utilizam o mesmo sistema de planificação de recursos empresariais (ERP), o que nos permite acompanhar o projeto do princípio ao fim, e também disponibilizar um melhor serviço pós-venda.

Recentemente iniciamos um estudo detalhado sobre a nossa maquinaria de transporte com o objetivo de a diversificar. Desta forma, vamos ser capazes de fornecer maquinaria de transporte para uma utilização intensiva e maquinaria de transporte agrícola concebida para as empresas que o utilizem apenas algumas vezes ao ano ou durante a colheita.

As nossas instalações contam com produção automatizada e trabalhadores qualificados com vasta experiência na fabricação de maquinaria de transporte. Estes, oferecem-nos a confiança necessária para dar este passo em frente e responder às necessidades do mercado disponibilizando novas linhas de produto.

Que vantagens lhe dão as estruturas operativas da sua empresa?

Fundamentalmente, a Silos Córdoba é um grupo de quatro empresas diferentes, cada uma especializada num tipo de produto. No entanto, todas as atividades estão relacionadas entre si: ganadaria, maquinaria de transporte, armazenamento de grãos e construção. Por este motivo podemos disponibilizar soluções chave na mão, que é um claro passo em frente no nosso mercado. Costumo dizer “tudo o que precisar está à distância de uma chamada”, o que demonstra o que podemos disponibilizar ao mercado.

Podem-se ver cada vez mais projetos chave na mão?

Sim. De fato, já temos uma grande experiência em projetos chave na mão. Depois de uma empresa ter realizado projetos com sucesso e fica a ser conhecida no mercado, torna-se uma referência, não só para a concorrência, mas também para os potenciais clientes. A Silos Córdoba já está nesta etapa e as empresas começam a ter-nos em conta para que desenvolvamos os seus projetos chave na mão. Sabem quem somos e o que podemos fazer.

Há alguns anos trabalhámos num projeto na Hungria para instalar 38 instalações de armazenamento no mesmo ano em diferentes pontos do país. Este projeto apresentou-se como um grande desafio para nós, não só pela sua grande capacidade de armazenamento, com um total de 723 444 m3, mas também pela gestão da produção e logística, dado que se trata de gerir 38 projetos diferentes para um só cliente. A Silos Córdoba não só foi capaz de completar os 38 projetos, como também soube servir todos os projetos em que trabalhava.

Poderia mencionar algumas características dos seus silos para que se adaptem às necessidades específicas de cada região?

Para nos adaptarmos a diferentes climas, concebemos e incluímos sistemas de ventilação ou mecanismos de refrigeração que permitem manter a qualidade dos grãos dentro dos silos. O anel de parede dupla cria um espaço de ar entre as lâminas da parede que isola o interior contra a temperatura exterior para evitar problemas como a condensação, a formação de grumos ou compressão.

Outras características do design que nos permitem adaptar aos diferentes climas ou necessidades específicas são os reforços para contrariar os grandes ventos, chuva ou a neve; os extratores de teto para eliminar o ar do interior dos silos; os canais de ventilação ou silos de refrigeração.

Como adaptam os silos às necessidades do cliente?

A Silos Córdoba tem presença em 45 países e conta com agentes, distribuidores e redes comerciais em cada um dos mercados. Estrategicamente, prestamos especial atenção em selecionar pessoais locais com um grande conhecimento do seu mercado, de forma a que a Silos Córdoba vá obtendo cada vez mais conhecimento sobre as necessidades específicas destas regiões. Esta rede trabalha em conjunto com a nossa equipe própria de engenheiros, o que nos torna mais versáteis e nos permite disponibilizar soluções personalizadas.

Cada vez que recebemos o pedido de um potencial cliente, analisamos a sua atividade com o objetivo de recomendar a solução mais adequada. Entre os fatores que determinam a solução final pode estar o clima: o frio ou calor, a secura ou a umidade do clima; o número de colheitas por ano; a utilização prevista do grão armazenado (sejam moinhos de farinha, fábricas de alimentos, fábricas de cerveja, etc.).

Que países têm maior potencial?

A Silos Córdoba começou a exportar em 1992, quando estávamos em muito boa posição no mercado espanhol. Desde então, o nosso volume de negócios aumentou mais do que aquilo que esperávamos. Na atualidade, estamos bem estabelecidos na Europa e América Latina.

Também estamos muito bem em regiões como o Médio Oriente, alguns países africanos e asiáticos, dado que estão a crescer muito rápido e os seus governos estão a fomentar a utilização de tecnologias como a nossa através do financiamento de projetos, além dos investimentos dos bancos de desenvolvimento local ou global. Parte destes investimentos vão diretamente para o setor pós-colheita. De fato, abrimos recentemente dois novos escritórios no Cazaquistão e Turquia.

Têm projetos recentes nestes países?

O nosso último projeto no Cazaquistão, foi a 40 km da cidade de Astana e será sem dúvida a nossa melhor sala de exposição no país, visto que foi completada este ano. Com uma capacidade de armazenamento em silos perto dos 16 000 m3 e cerca de 64 000m3 de armazenamento em pavilhões, disponibilizamos uma solução verdadeiramente completa.

A instalação inclui silos fundo plano, silos elevados, silos de carga a caminhão, carga a trem, aberturas de entrada para descarga de caminhões, transportadores, elevadores, passagens e suportes, como as torres de elevador com escada interior. Também disponibilizamos os equipamentos para o processo de limpeza, que inclui filtros de mangas, máquinas de pré-limpeza, aparadoras…; processo de secagem, e todo o equipamento necessário para gerir a instalação de armazenamento de forma eficaz a partir de um computador portátil. O equipamento inclui painel elétrico, ventiladores, extratores, varredoras e sistemas de controle da temperatura, entre outros.

Em 2012 completamos na Turquia um dos maiores projetos do Médio Oriente. O projeto tem uma capacidade de armazenamento de 250 168 m3 e é uma referência mundial para a Silos Córdoba. A nossa experiência em engenharia pode ser vista através das diferentes torres de elevadores, que são capazes de suportar diferentes elevadores e passagens para uma capacidade de 300 toneladas por hora.

Como espera que a concorrência evolua?

No futuro, o mercado será ainda mais competitivo. As empresas dar-se-ão conta das novas necessidades do mercado e terão em atenção a necessidade de colaborar com empresas complementares com o objetivo de disponibilizar projetos chave na mão tal como nós. Por essa razão, penso que nos próximos 5 a 10 anos, vamos ver mais joint ventures entre empresas do setor.

Os conglomerados ganadeiros que se integram no setor dos alimentos balanceados irão afetar a sua empresa?

As empresas que fizeram bem o seu trabalho agora têm a capacidade de subir na cadeia de fornecimento e tornarem-se em potenciais clientes para a nossa divisão de armazenamento de grãos. Enquanto que antes os considerávamos potenciais clientes no setor ganadeiro, e lhes disponibilizávamos equipamento ganadeiro, agora depois da integração vertical, podemos disponibilizar-lhes uma gama de produtos mais ampla.

Vai aumentar a capacidade de fabricação dos silos?

Temos uma situação financeira, produtiva e comercial saudável, o que nos incentiva a mudar-nos para uma nova fábrica três vezes maior que a atual. A nossa intenção é duplicar a capacidade de armazenamento de matérias-primas e de outros produtos terminados, de acordo com o aumento da nossa produção.

As vendas aumentaram em 19% em 2012. Como se mantém o ritmo de crescimento?

Sempre tivemos uma empresa pequena, mas agora estamos a crescer com sucesso. É por isso que estamos a adotar novas estratégias que incluem melhorias no nosso processo interno como Kaizen, Lean Manufacturing ou six sigma. Esta dinâmica positiva, refletida nos nossos processos, tornar-nos-á mais competitivos e rentáveis. Se continuarmos a melhorar os processos, contratando colaboradores prometedores e motivando-os, penso que podemos fazê-lo ainda melhor. Na Silos Córdoba, estamos sempre num processo de melhoria contínua e, como resultado, somos capazes de obter avanços tecnológicos.

Silos Modelo 41.25/20: os maiores silos montados pela Silos Córdoba e os maiores silos da Europa. Instalados para a Agroeks Prima na Eslováquia em 2011

 

Uma das 38 instalações de armazenamento para a Heves ao longo do território húngaro em 2005

Silos para armazenar trigo e colza instalado para a Tiryaki em Mersin, Turquia, em 2012

Silos para armazenamento de grãos instalados para a Cefusa em Alhama, Espanha em 2012

Fonte: Reportagem realizada por Geradline EE, para a eFeedLink

Necessita mais informação?

Peça orçamento sem compromisso

Казахстан | Silozuri în România

Subscribe To Our Newsletter

Subscribe To Our Newsletter

Join our mailing list to receive the latest news and updates from our team.

Marketing Permissions

You have Successfully Subscribed!

Share This