Escolha uma Página

Javier Alastuey de Ger-Gandaria esteve presente na mesa redonda “O controle ambiental em debate” no aviFORUM-CARNE.

Durante aviFORUM-CARNE houve tempo para o debate e a confrontação e análise de distintas ideias e visões através da mesa redonda intitulada “O controle ambiental em debate” donde, sob a moderação de Santiago Bellés, participaram distintos representantes de empresas especialistas nesta matéria e reconhecidos no setor como Jorge Camacho (Big Dutchman), José Carlos Muñiz (Exafan) e Javier Alastuey (Ger-Gandaria).

Javier Alastuey, com 30 anos de experiência em climatização pecuária em GER, explica os pontos a ter em conta para o controle ambiental no campo da avicultura:

  • Nos primeiros dias de vida devemos aquecer ao pintinho e na última etapa da vida da ave devemos refrigerá-la.
  • Há que ter um controlador que possa unir e controlar ao mesmo tempo aquecimento, ventilação e refrigeração.
  • Os benefícios de um bom controle climático são numerosos: melhora a conversão de alimento, melhora a saúde, o desenvolvimento da ave, baixa o índice de mortalidade e, por tanto, a ave é muito mais produtiva.

INTRODUÇÃO

A ideia de um bom controle climático é manter ao pinto numa zona neutra ou de conforto donde não diminua nem aumente a temperatura ambiental. Nos primeiros dias de vida devemos aquecer ao pinto e na última etapa da vida da ave devemos refrigerá-lo. Por tanto há que ter um controlador que possa unir e controlar ao mesmo tempo aquecimento, ventilação e refrigeração.

PARÂMETROS CLIMÁTICOS MAIS IMPORTANTES EM AVICULTURA

Na última década falou-se muito do controle climático porém, verdadeiramente, quais são os parâmetros climáticos mais importantes em avicultura?

Controle da qualidade do ar. A presença de oxigênio é tão importante como a ausência de amoníaco, dióxido de carbono, monóxido de carbono ou pó.

Temperatura desejável segundo a idade do pinto (zona de conforto térmico). Temperatura percebida pelas aves em função da velocidade do ar (nas instalações atuais tipo túnel com uma velocidade de ventilação de 2,5 m/s a ave pode alcançar uma sensação térmica de até -6º C

Umidade relativa apropriada para evitar geração de gases nocivos, controle de condensações e as famosas “camas úmidas”.

Controle de velocidades avícolas:

Velocidade passagem de ar pelo painel evaporativo. Para conseguir uma eficácia de refrigeração evaporativa adequada, a velocidade de passagem do ar pelos filtros evaporativos deve ser a adequada e esta depende do material dos filtros e da espessura dos mesmos. Atualmente, em quase a totalidade das instalações em “broilers”,  instalam-se painéis de celulose de espessura 100 mm e, neste caso, a velocidade adequada é de 1,5 m/s.

Velocidade de entrada de ar ao interior do aviário e direção do fluxo do ar. Em função da largura do aviário, a velocidade adequada oscila entre 3 e 5m/s.

Velocidade de deslocamento. Fundamental na ventilação tipo túnel. A velocidade adequada para gerar o efeito resfriador no frango oscila entre 2,5 e 3,5m/s. Os benefícios de um bom controle climático são numerosos: melhora a conversão de alimento, melhora a saúde, o desenvolvimento da ave, baixa o índice de mortalidade e, portanto, a ave é muito mais produtiva.

Fonte: Avicultura

Necessita mais informação?

Peça orçamento sem compromisso

Казахстан | Silozuri în România

Subscribe To Our Newsletter

Subscribe To Our Newsletter

Join our mailing list to receive the latest news and updates from our team.

Marketing Permissions

You have Successfully Subscribed!

Share This